Rede de Cooperação Amazônica - RCA

COMPROMISSOS DE AÇÃO CLIMÁTICA

Resumo de todas atividades climáticas:

Nas atividades climáticas desenvolvidas pelo Projeto Saúde e Alegria busca-se alavancar a participação da Economia da Floresta de Base Comunitária no Desenvolvimento Regional, ao estabelecer um novo processo referencial de assistência técnica rural em prol de empreendimentos e sistemas produtivos agroecológicos e florestais – integrados e permanentes – que reduzam as emissões de CO2 ao mesmo tempo que contribuem para segurança alimentar, elevação da renda familiar e a inclusão social.

Setor:

Sociedade Civil

Redes sociais:

Instagram

Twitter

Atividades climáticas atuais:

Dentre as atuais atividades climáticas desenvolvidas pelo Projeto Saúde e Alegria estão: a produção e distribuição de mudas agroflorestais, a reposição florestal em áreas degradadas, o apoio para a coleta de comercialização de sementes com foco na geração de renda e manutenção da floresta em pé, assessoria técnica para produtores(as) agroextrativistas, formação e capacitação de manejadores de abelhas nativas sem ferrão, assessoria e apoio ao Turismo de Base Comunitária e a produção de artesanatos, apoio na formação de Brigadas para a Prevenção e Combate às Queimadas e Incêndios Florestais, sensibilização e capacitação para a utilização de práticas agrícolas sem o uso do fogo, implementação de sistemas fotovoltaicos (energia solar) para o abastecimento de água, acesso à internet coletiva nas comunidades, funcionamento de escolas e postos de saúde comunitários.

Demonstração de atividades atuais:

O que fazemos
O que fazemos

Atividades climáticas futuras:

Dentre as futuras atividades climáticas a serem desenvolvidas pelo Projeto Saúde e Alegria estão: o fortalecimento de empreendimentos sustentáveis comunitários como a implementação de sistemas fotovoltaicos para refrigeração e acondicionamento de polpas de frutas, construção da Rede de Sementes Florestais na região do Oeste do Pará, implementação de entrepostos para o recebimento e escoamento de sementes e de mel de abelhas nativas sem ferrão, ampliação das infraestruturas voltadas para o Turismo de Base Comunitária (Restaurante e Redários Comunitários / Casa do Artesanato), realização de Inventários Turísticos e Planos de Visitação das comunidades da Resex Tapajós Arapiuns e Flona do Tapajós, implementação do polo de bioeconomia na área urbana de Santarém, denominado EcoCentro de Economia da Floresta

Oportunidades de parceria para o cumprimento dos compromissos da Declaração:

Fundo Amazônia/BNDES, Climate and Land Use Alliance (CLUA), Rainforest Alliance, Earth Alliance, Fundações Mott, Avina, Konrad Adenauer Stiftung e Good Energies, Ministério da Cidadania, Instituto Socioambiental (ISA), Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM), Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (IMAZOM), World-Transforming Technologies (WTT), TAKEDA Brasil, Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ), The Nature Conservancy (TNC), Institutos IGUÁ, Coca-Cola Brasil, Ethos, Clima e Sociedade (ICS).

Parcerias locais: Cooperativa dos Trabalhadores Agroextrativistas do Oeste do Pará-ACOSPER, Associação de Mulheres Agricultoras de Belterra (AMABELA), Associação de Mulheres Trabalhadoras Rurais (AMATR), Associação de Produtores Rurais da Margem Esquerda do Rio Tapajós (APRUSPEBRAS), Casa Familiar Rural (CFR), Conselho Intercomunitário Floresta Ativa (CIFA), Conselho Municipal de Saúde de Santarém (CMSS), Conselho Nacional das Populações Extrativistas (CNS), Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (COMDCA), Cooperativa Mista da Floresta Nacional do Tapajós (COOFLONA), Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional (FASE), Federação das Associações de Moradores e Comunidades do Assentamento Agroextrativista da Gleba Lago Grande (FEAGLE), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (IMAFLORA), Sociedade para a Pesquisa e Proteção do Meio Ambiente (SAPOPEMA) Secretaria de Estado da Saúde do Pará, Secretaria Municipal de Saúde de Santarém, Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Belterra, Santarém e Mojuí dos Campos, Organização das Associações da Reserva Extrativista Tapajós Arapiuns (TAPAJOARA), Cooperativa de Turismo e Artesanato da Floresta (TURIARTE), Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA).

INFORMAÇÕES

Um pouco mais sobre nós

Onde vai acontecer?

Essa será a primeira edição online! Em breve traremos mais informações e detalhes

Como entro em contato?

Você pode mandar um e-mail para:

Edson Lopes  elopes@ethos.org.br

Flavia Resende  fresende@ethos.org.br

Marina Esteves  mesteves@ethos.org.br

Há quanto tempo a CBMC está por aí?

A Conferência Brasileira de Mudança do Clima

teve a sua primeira edição em novembro de 2019,

a ideia é que seja um encontro anual.

Onde mais podemos encontrar a CBMC?

Tentamos manter uma presença ativa em algumas de nossas redes. Aqui estão alguns lugares que você pode nos encontrar também:

  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
logo CBMC 2020.png