Buscar
  • Instituto Ethos

A 4ª edição do evento começa nesta sexta (20/05) e promove debate sobre a mudança climática

Atualizado: 28 de jul.


Evento on-line e com transmissão ao vivo é liderado pelo Instituto Ethos, ocorre nesta sexta-feira (20/05) com as participações de organizações como Instituto Clima e Sociedade, a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Estado do Pernambuco, a Secretaria Municipal do Clima de Niterói, o ICLEI - Governos Locais Pela Sustentabilidade, Fundação Amazônia Sustentável, Instituto Ethos, , Instituto Alana, Instituto Akatu, The Climate Reality Project Brasil, Instituto Democracia e Sustentabilidade, Youth Climate Leaders, Centro Brasil no Clima e outros



São Paulo, maio de 2022 – A Conferência Brasileira de Mudança do Clima (CBMC), movimento movimento correalizado por diversas organizações e que conta com a secretaria executiva do Instituto Ethos com a participação de organizações não governamentais, movimentos sociais, populações tradicionais e originárias, governos locais e a comunidade científica, terá início nessa sexta-feira, dia 20, a partir das 9h30, e pode ser conferida pelo canal do Instituto Ethos no YouTube.


O primeiro dia do evento virtual contará uma série de debates. A mesa de abertura discutirá a emergência climática, impactos e vulnerabilidades e contará com as participações de Caio Magri, diretor-presidente do Instituto Ethos, Sérgio Besserman, coordenador do The Climate Realty Project Brasil, Danilo Farias, advogado de Justiça Climática e Direitos Socioambientais do Instituto Alana, André Lima, coordenador do Projeto Radar Clima e Sustentabilidade do Instituto Democracia e Sustentabilidade - IDS e Francisca Arara, chefia do Departamento de Normatização e Registro do Instituto de Mudanças Climáticas – IMC.


Em seguida, às 11h20, haverá um debate com o The Climate Reality Project Brasil sobre as metas do Acordo de Paris, encaminhamentos da COP 26 e o que há de mais recente no debate da ciência climática através da análise dos relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudança do Clima, o IPCC.


Às 13h30, haverá discussão sobre o protagonismo jovem nas eleições de 2022 com representantes do Youth Climate Leaders (YCL) e da Fundação Amazônia Sustentável (FAS). Márcia Vieira, jovem amazônida e indígena do povo Mura, ativista ambiental e climática atuando pelo Fridays for Future, e Rayana Burgos, cientista política e fellow da rede Youth Climate Leaders, trazem suas visões e o posicionamento de sua geração para as urgências climáticas.


Às 14h, o tema de debate é Global Stocktake, o processo formal para a realização de balanços periódicos do caminho para implementação, das metas estipuladas pelo Acordo de Paris e pelas Contribuições Nacionalmente Determinadas (NDCs). Além disso, o painel irá explorar governança climática no Brasil, com participação de Marina Marçal, coordenadora de Política Climática e Engajamento no Instituto Clima e Sociedade (iCS), Michelle Ferreti, diretora do Instituto Alziras, Ana Terra, gerente do TUMI E-bus na C40 Cities, Samanta Della Bella, superintendente de sustentabilidade e clima da SEMAS Pernambuco, Júlia Mello Neiva, coordenadora do Programa de Desenvolvimento e Direitos Socioambientais da Conectas Direitos Humanos, Rebeca Lima, diretora executiva do CDP América Latina, William Wills, diretor técnico do Centro Brasil no Clima e Rodrigo Corradi, secretário executivo adjunto do Governos Locais pela Sustentabilidade (ICLEI) América do Sul.


Às 15h50, o tema de debate será “Juventudes transformando o mundo: protagonismo e desafios da educação climática”, com participação do Instituto Democracia e Sustentabilidade (IDS), do Youth Climate Leaders (YCL), da Fundação Amazônia Sustentável (FAS), do The Climate Reality Project, do Fórum das Juventudes em Mudanças Climáticas de Niterói e do Instituto Akatu.


Às 17h, o tema será “Instrumentos normativos catalisadores da pauta climática: experiências e perspectivas atuais no Brasil”, com participação de Inamara Mélo, secretária de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco e coordenadora da Câmara Técnica do Clima da Abema, Lucas Padilha, secretário municipal de Meio Ambiente da Cidade do Rio de Janeiro, João Pedro Rocha, assessor técnico nos temas de Clima, Meio Ambiente e Transporte do Vereador da Câmara Municipal do Rio de Janeiro Suely Araújo, especialista sênior em Políticas Públicas no Observatório do Clima e Flávia Bellaguarda, gerente de Relações Institucionais no Centro Brasil no Clima - CBC, como moderadora.


Encerrando o dia de debates da Conferência do Clima, às 18h, o The Climate Reality Project, IDS, Akatu, o YCL, o Instituto Alana, a FAS e a Seclima-Niterói trazem as perspectivas de populações vulneráveis e diretamente afetadas pelo racismo ambiental, discutem como ampliar o alcance da justiça climática e maneiras de implementar soluções para as periferias urbanas, territórios indígenas e quilombolas, comunidades rurais e ribeirinhas. Com a mediação de Isadora Gran, coordenadora de engajamento e justiça climática no The Climate Reality Project, Lorena Froz, Idealizadora do Faveleira, Douglas Belchior, membro da Coalizão Negra por Direitos, Samela Sateré Mawé, ativista ambiental no @fridaysforfuturebrasil, comunicadora na Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) e da ANMIGA- Articulação Nacional das Mulheres Indígenas Guerreiras da Ancestralidade e Ademar Cruz, da coordenador de Articulação Institucional da Fundação Amazônia Sustentável (FAS).


O evento será transmitido pelo canal do Instituto Ethos no YouTube, das 9h30 às 19h.

Confira a programação completa aqui.


Sobre a Conferência Brasileira de Mudança do Clima

Realizada desde 2019, a CBMC é composta por organizações não governamentais, movimentos sociais, populações tradicionais e originárias, governos locais, a comunidade científica e o setor privado com o objetivo de propor articulação em rede para construção conjunta de conteúdo e posicionamentos, para a realização de debates e propor soluções para a descarbonização da economia brasileira e para o enfrentamento à crise climática em alinhamento com os objetivos destacados no Acordo de Paris.


Mais informações:

Analítica Comunicação – Assessoria de Imprensa do Instituto Ethos

Rení Tognoni – reni@analitica.inf.br (11) 94270-0352

Regina Lima - regina.lima@analitica.inf.br (11) 99993-9933

39 visualizações0 comentário